Monitorização E@D AEEN – Alunos – maio2020

Monitorização E@D AEEN – Alunos – maio2020

Questionário para alunos

 

Caro aluno

O nosso Agrupamento colocou um formulário na sua página eletrónica para que respondas a
um conjunto de questões relacionadas com as tuas atividades escolares neste período de
confinamento e que têm por base a utilização de ferramentas tecnológicas.
É uma situação nova na tua aprendizagem – o ensino a distância – que tem implicações
importantes na tua relação com a escola, com os teus professores, com a tua família e, por via
disso, com o desenvolvimento dos trabalhos letivos que tens vindo a cumprir.
É por isso que te convidamos a responder às questões do formulário, de modo a que possamos
recolher informações que reflitam o teu grau de satisfação com esta nova forma de
aprendizagem e consigamos, assim, com a tua contribuição, enfrentar os constrangimentos
daqui decorrentes.

Almada, maio de 2020
O Diretor
(António Neves)

45 Comments

  1. Eu não gosto de estudar em casa porque fico muito desmotivado.
    São poucos os professores que se dão ao trabalho de fazer aulas por vídeo-chamada e no entanto mandam imensos trabalhos sobre coisas que nem sequer nos ensinaram, já pedi ajuda a um desses professores e a resposta foi que eu me deveria esforçar mais, o que não ajudou em nada.
    E quando há aulas por vídeo-chamada muitas vezes não é possível entender os professores de maneira clara, e quem tem irmãos, como eu, muitas vezes tem aulas ao mesmo tempo que eles, e aqui em casa só há um computador o que não facilita nada.
    Muitas vezes nas aulas por vídeo-chamada tento perguntar alguma coisa ao professor e outra pessoa começa a falar por cima, e eu acabo por não conseguir fazer a minha pergunta.
    Além disso temos trabalhos de mais, há professores que mandam pouca coisa, mas há outros que chegam a mandar fichas suficientes para um mês, sendo que só temos uma semana.

  2. Não gostei, não entendi quase nada e tinha muitas dificuldades, não consegui aceder às aulas online pois não tenho computador e o meu telefone não tem atualizações então não conseguia instalar a aplicação

  3. A quantidade de trabalhos vindos da maioria dos professores é exagerada. Sei que deviamos ficar agradecidos por terem tentando arranjar uma forma de não nos deixar para trás, e por termos as tecnologias de hoje em dia que tornam isto possível, porém a sobrecarga de ter de aprender sozinho e ainda fazer os milhões de trabalhos também não colabora para a nossa saúde mental. Se não pode haver telemóveis nas aulas porque é que pode haver aulas nos telemóveis

  4. Como aluno acho que temos bastante trabalhos e como os trabalhos são com nova matéria e o professores não explicam, (pelo menos a maioria) porque só fazem sessões de esclarecimento de dúvidas torna se um bocado difícil. Outra coisa que a escola deve ter em atenção, é que a maioria dos alunos não é filho único, e por vezes os irmãos também estão a estudar e também têm tantos ou mais trabalhos do que nós. O que torna difícil para os pais que ficam bastante carregados emocionalmente e fisicamente , pois a maioria já começou a trabalhar e como os ATLs/ Centro de Estudos não estão abertos torna se difícil gerir. Por isso peço que diminuam os trabalhos e pensem um bocado nisto e na situação que se está a passar no nosso país.

  5. Tenho a dizer que a escola me desiludiu profundamente. Em 3 meses houve disciplinas em que NUNCA tive uma aula ou apenas tive 2 aulas síncronas, com a contínua exigência de trabalhos semanais. Fomos obrigados a aprender sozinhos, houve professores que prestaram o devido apoio e se mostraram sempre disponíveis para o esclarecimento de dúvidas ou a revisão de algo em que os alunos não estavam muito confiantes, porém houve professores que não davam matéria e davam as aulas síncronas com o único intuito de esclarecer dúvidas sobre as tarefas relativas a essa semana, sendo que todos os professores, exceto diretores de turma, tiveram os mesmos encargos burocráticos. Portanto, a única função dos professores, que é ensinar, foi precisamente aquilo que não foi cumprido. Muitos deles não se preocuparam em dar um feedback quanto ao trabalho desenvolvido, apenas enviavam as tarefas e as corrigendas. Não foi explícito em todos os trabalhos quais os que iriam ser avaliados e como, visto que 1º estamos à distância e a comunicação é pior, e 2º pois os trabalhos desenvolvidos foram de matérias que muitas vezes aprendemos ABSOLUTAMENTE sozinhos. A desilusão foi extrema e foram cometidas tremendas faltas de respeito para com as pessoas que durante esta pandemia se esforçaram por aguentar o barco e não abandonar os seus alunos, principalmente nas disciplinas de exame, pelas pessoas que reduziram o seu horário de trabalho e deixaram os alunos completamente sozinhos nesta luta. Se em setembro for requerido que voltemos todos para casa com aulas online, espero sinceramente que a escola tome medidas, verificar quais os professores a dar aulas ou não, quais os que mandam trabalhos, tenham em conta o trabalho desenvolvido quer seja pelo professor quer seja pelos seus alunos, sim porque trabalhámos mais durante a quarentena do que enquanto estávamos nas aulas e, muitas vezes, em trabalhos que se desviavam do rumo da disciplina, para que as coisas corram bem e para que nós, alunos, não sejamos abandonados de novo. Expresso mais uma vez a minha profunda desilusão perante situações completamente inacreditáveis e injustificáveis.

  6. Eu não tenho aprendido nada, porque temos que fazer trabalhos de matérias que não demos , mesmo tendo os livros não é suficiente e também não temos tempo de esclarecer as dúvidas nas aulas síncronas porque a maior parte do tempo há problemas com rede e nunca se percebe muito bem o que os professores dizem . Também estou preocupada porque para o ano provavelmete vou ter exames e não consigo pereceber a matéria de matemática que estamos a dar nas aulas síncronas e mesmo que falte muito tempo se eu não consigo perceber esta parte da mattéria do 8º vai ser dificil perceber a do 9º . Mas tambem percebo que não temos muito a fazer e sei que ninguem tem culpa . Outra coisa é que para 5 dias temos muito trabalhos e eu não estoua dizer isto por não querer trabalhar mas sim porque é a verade .

  7. Bom dia na minha opiniao as aulas presenciais são sem duvida uma mais valia em casa os alunos nao aprendem tanto e os Pais tem dificuldade em algumas coisas e nao estao tão bem preparados para ensinar como os professores alem disso não ha equipamentos (tablet pc )etc…para os alunos poderem fazer as suas tarefas.

  8. É muito complicado gerir trabalhos em casa principalmente qndo existe dúvidas não temos ajuda dos professores, a Mariana prefere ensino na escola do que em casa
    É muito complicado não é nada igual

  9. Boa noite
    Eu gosto mais de estar na sala com a professora porque quando tiver uma duvida o estudo em casa não responde .Também é bom estar com os amigos

  10. acho bem e temos tempo de fazer e de entregar nota positiva

  11. é complicado porque temos de estar mais alerta para que ela possa ver as aulas mas tbm é mais pratico pois para eles torna se mais fácil porque é mais acessível acho eu.

  12. Temos cumprido todos os trabalhos pedidos pelos professores e entregues a tempo e horas.e muito complicado ter dois filhos a estudar na mesma escola mas em anos diferentes, embora um deles seja acompanhado pela professora pois pertence ao ensino especial, pois se nao fosse naonsei como seria.a minha mais nova nem um telefonema teve da professora mesmo com as dificuldades que tem.apenas manda os trabalhos e recebe os trabalhos e nada mais ,eu perguntou-me se assim e um ensino digno e de qualidade?de resto acho que esta a correr mais ou menos dentro dos nossos conhecimentos. Nao encontto o questionario.

  13. Os trabalhos são mandados quase ao mesmo tempo uns dos outros e podíamos ter mais tempo para os fazermos.

  14. Como pai e a trabalhar permanentemente, com 2 filhos em casa um no 1.º e outro 6.º anos. Vejo como desafio, o ensino do qual vai para além das minhas capacidades de ensinamento, poder auxiliar no estudo deles, fazer “print’s” e “scan’s” de documentos, o envio do respectivo trabalho para cada área especifica, muito desgastante.
    Mesmo focado na minha profissão e estando na linha da frente, foi possível conciliar ambos, poderia ter havido uma melhor flexibilidade nos trabalhos enviados, mesmo assim é louvar a dificuldade no momento atravessada e desempenho das funções.

  15. Eu tenho gostado muito das aulas online tenho aprendido mais coisas do q nas aulas precencias,as aulas precencias mas acho que enves de mandarem trabalhos devia ser aulas como as precencias mas em videochamada

  16. Eu prefiro muito mais as aulas presenciais porque conseguimos aprender mais facilmente a matéria mas, por outro lado, este método está a ajudar a termos mais autonomia em relação ao estudo.

  17. Eu acho que são entregues uma quantidade enorme de trabalhos aos alunos em um curto período de tempo, 5 dias, e por exemplo quando houve o feriado de 1 de maio recebemos a mesma quantidade de trabalhos das outras semanas que tinham 5 dias, mas esta só tinha 4 dias, interessante não é?
    Além de imporem muita pressão sobe os alunos, nós ficamos confusos pois não sabemos o que se passa de verdade, fazemos trabalhos e mais trabalhos e continuamos na dúvida com o que vai acontecer com a nossa nota.
    Há professores que acham que nós só temos uma única disciplina pois mandam uma quantidade de trabalhos absurda.
    Nem metade dos meus professores faz aulas online, assim fazendo-nos ficar perdidos na matéria e no que se passa com as nossas notas.
    Mas fico feliz por saber que alguns professores importam-se connosco ou pelo menos demonstram isso ao contário de outros que só mandam trabalhos e mais trabalhos.
    Também aprecio o vosso trabalho porque isto não é fácil para vocês, mas para nós támbem não, espero que entendam o lado de um aluno e que não somos máquinas.
    Resto de bom dia a todos e por favor falem mais com os alunos em vez de aplicar faltas nos trabalhos, perguntem o que se passa ou que dificuldades andam a ter. Sim os professores têm muitos alunos para fazer isso mas nós também temos muitas disciplinas para fazer os trabalhos.
    <3

  18. Bom dia.
    A iniciativa do Governo com as aulas à distância e com recurso aos meios digitais foi bastante positiva. Reconheço isso, sem dúvida. Nas turmas dos meus 2 filhos na EDAC, os docentes e as respetivas direções de turma têm tido um papel chave e equilibrado no sucesso desta medida.

    Não posso nem quero retirar a importância das aulas presenciais e a interação que existe aí, entre professores e alunos. Defendo que as aulas presenciais deverão voltar no início do próximo ano letivo, com a ajuda e a aplicação de muitos destes recursos digitais agora utilizados. Serão, sem dúvida, uma mais valia com um enorme contributo para a aprendizagem dos alunos e com uma maior eficiência didática.

    Reconheço que a planificação e quantidade dos trabalhos de casa foi, por vezes, acima do esperado mas, com esforço e dedicação, conseguiu-se terminar atempadamente todos esses trabalhos.

    Todos os professores, alunos, direção e funcionários da EDAC, respetivos pais e EE estão realmente de parabéns.
    Cumprimentos,
    Emanuel Lopes

  19. Eu acho que é uma coisa nova que todos temos de habituar, mas ainda temos aulas e trabalhos para fazer, por isso, está nada diferente além de não iremos as aulas continuamos a trabalha. 🙂

  20. As aulas à Distância são muito impráticas, demasiados trabalhos em pouco tempo.
    Muitas vezes alguns alunos não podem comparecer às aulas online por motivos variados.
    A escola poderia abrir e só deixar entrar os que possuem máscara out viseira e luvas sendo que a cantina estaria fechada.

  21. Apesar de ser uma inovação e de ser a melhor resposta a esta pandemia, continuo a preferir aulas presenciais pois, em casa existe muita coisa que te pode distrair, esta forma de aprendizagem também faz com que possamos estar mais tempo com a nossa família e podemos dizer também que é uma maneira mais “moderna” de aprender.

  22. Acho que apesar de nos ensinar a trabalhar com outras ferramentas do que as que estávamos habituados, as aulas online não vão servir para ensinar porque por mais honestos que nós sejamos não vamos conseguir perceber a matéria da mesma maneira e as notas vão baixar. Também acho muito errado continuar-se com avaliações pois em casa os alunos podem consultar o que quiserem e assim não só não aprendem como ganham mérito por algo que não fizeram.

  23. Tem sido muito interessante mas assim na mesma prefiro as aulas dadas na escola.

  24. Na minha opinião os planos de trabalho deveriam ser quinzenais e não semanais e a quantidade de trabalhos enviados por alguns professores deveria ser reduzida. Os links sugeridos também deverim ser revistos antes de enviados pelos professores porque alguns não ficam assecíveis para os alunos.

  25. o ensino à distância é muito complicado existem diferentes matérias que são bastante difíceis de perceber na minha parte a matemática a distância não funciona

  26. O ensino em casa é muito mais complicado pois, os professores não se apercebem da quantidade exagerada de trabalhos que enviam e depois se não resolvemos um trabalho caem em cima de nós, não nos tiram dúvidas que temos… Não será por isso que nos não os fazemos completos? Pois pensem nisso e mandem menos trabalhos

    1. É isto mesmo! Já fiz exatamente o mesmo comentário com vários colegas e todos concordam, no entanto quando nos dirigimos aos professores com este assunto não obtemos resposta.

  27. Eu acho que temos muitos trabalhos para o tempo que temos e que é muito confuso para os enviar porque cada disciplina e para um email ou classroom diferente

  28. Na minha opinião eu acho que neste ano os alunos não vão aprender nada, porque as aulas online de alguns dos meus professores não são bem utilizadas. E assim os alunos não conseguem evoluir nessas disciplinas. Mas depois também á os trabalhos que algumas disciplinas mandam muitos e outras poucos, e assim vamos estar desequilibrados nos trabalhos, porque vamos trabalhar muito numa disciplina e a outra não. também acho que devíamos começar a voltar á escola aos poucos.

  29. São muitos trabalhos e não conseguimos fazer a gestão do tempo.

  30. Boa noite, tenho 2 filhos a frequentar a mesma escola, em anos diferentes. Só posso preencher o questionário 1 vez? Já o fiz e não consigo fazer novamente, deve ser um erro, pois não faz sentido que assim seja.
    Obrigada

        1. Muito bom dia.

          Eu tentei responder novamente (tenho dois educandos na mesma escola em anos diferentes), mas não consigo. Recebo a mensagem de que já preenchi o questionário. Agradeço que me informem sobre como proceder.

          Muito obrigada,
          Carla Nunes

  31. temos muitos trabalhos pra muito pouco tempo , sendo que não percebemos nada das explicações

  32. Na minha opinião o ensino à distância é melhor na parte em que é mais facil nos concentrar-mos, pois não temos aquele colega com quem estamos sempre a falar. Mas na minha opinião é muito melhor o ensino normal, não sei explicar porquê mas se calhar o convivio com os professores e os colegas, faz nos bem. Em relação a família, neste tempo de quarentena é um bom momento para criar-mos laços e nos conhecer-mos melhor. Pois eu sinto que as famílias desta geração estão cada vez mais afastadas, por causa do trabalho e as crianças com a internet. Faz com que estejemos muito afastados. E a quarentena está a aproximar as famílias. O que é muito bom.

  33. Penso que é uma situação nova e apesar das circunstâncias que estamos a passar estamos a adaptarmo-nos rápidamente.
    No entanto com o regresso das aulas presenciais à pouco tempo para nos concentrarmos nas disciplinas que não tem o privilégio de ter as aulas presenciais. Assim deveria haver um método melhor para conseguirmos satisfazer o trabalho que nos é dado, tanto nas aulas síncronas como nas presenciais.
    É demasiada pressão para nós alunos e professores.
    Na altura da quarentena, tínhamos uma grande carga de trabalhos.
    Agora melhorou, no entanto, penso que poderia haver melhorar organização, prazos mais longos para dar oportunidade aos alunos de conseguirem fazer tudo.
    Ainda dou a sugestão de as aulas presenciais serem um menor número de dias para a própria segurança de todos.
    É necessário também uma melhor comunicação entre os professores para não haver falhas e semanas muito subcarregadas.

  34. Está situação é diferente e a maneira como trabalhos também é bem diferente não da para continuar a estudar em casa, os trabalhoso subcarregam os alunos e alguns ficam preocupados com o passar de ano caso não consigam realizar tds era bem melhor tar na escola

  35. Eu realmente acho muito má essa quarentena, estarmos particamente sempre em casa não é normal para nós mas temos que nôs habituar e esperar que volte tudo ao normal

  36. Eu não gosto muito do ensino em casa, acho que fico mais concentrada na escola, apesar que às vezes também é bom pois temos mais tempo para descansar e ficar com a família incluindo que as aulas não são tão barulhentas.Ou seja no meu ponto de vista acho que tanto faz, é bom dos dois lados ambos têm críticas e comentários positivos.

  37. Acho que se pode melhorar em relação à forma com são planeados os trabalhos. E tambem em relação à quantidade de trabalhos.

Comments are closed.